1 de setembro de 2017

Planos e metas. Você tem?

Esses dias eu estava em uma aula de Assessoria de Imprensa na faculdade, e a professora falando sobre a vida da Gisele Bündchen, que a carreira dela foi planejada desde muito cedo e tudo mais, até que ela olha pra mim e fala "Tu tem planejamento de Carreira, Pri?!", procurando um exemplo de que qualquer pessoa deveria ter sim, um planejamento de carreira, desenhar como gostaria de seguir a vida, pensar em metas a curto, médio e longo prazo, etc, etc... Mas quando ela me perguntou se eu tinha um planejamento de carreira, eu juro pra vocês, que eu pensei em umas 20 coisas ao mesmo tempo e deu um NÓ na minha cabeça, que eu só consegui responder um "sim" meio duvidoso e balançar a cabeça lentamente de um lado pro outro. JURO.

Planos e metas. Você tem? @pritrelles

Gente, vou confessar pra vocês: desde os meus 13 ou 14 anos (final do ensino fundamental, quase entrando no ensino médio), que eu escuto sobre planejamento de carreira, sobre escolha de curso superior, sobre decidir o que fazer na vida, etc. E sempre que eu me deparo com essa questão, eu entro em pânico. A verdade é que eu não sei o que eu quero fazer da minha vida, porque tem MUITA coisa que eu quero fazer. Eu tô de novo sem saber o que eu quero fazer da minha vida, porque eu quero fazer de tudo, e isso me deixa muito chateada, porque eu vejo meus amigos se formando em algo que eles gostam e acreditam que seja o lugar deles e eu a cada dia descubro algo novo pelo qual eu me encanto e quero seguir fazendo, sabem?!
Isso me causa um eterno impasse, porque eu tô (literalmente) há alguns meses, pensando em algo que eu possa fazer e eu fico pensando em mudar de vida, de curso, tentar outra coisa, fazer algo que me dê ânimo real pra fazer, sabe? Mas ao mesmo tempo fico chateada de que meus pais, família e amigos querem me ver formada, com um diploma e ter alguma segurança (embora hoje em dia, um diploma já não sirva de muita coisa, né..). Aliás, sempre que falo com a minha vó, ou a maioria das vezes, ela pergunta quanto falta pra eu me formar, aí vejo meus amigos programando formatura e perguntando de mim... Isso tudo pesa muito, e eu acabo me sentindo culpada por não pensar como a maioria e ter uma ideia linda e formada em mente do que exatamente eu queira pra minha vida. Não quero decepcionar ninguém e nem a mim mesma. Muito menos ter que conviver com essa culpa pelo resto da minha vida, tanto por ter decepcionado pessoas que eu amo, quanto por ter me decepcionado e ter feito algo por fazer e que possa me deixar infeliz. Ai, que complexo :(

0 comentários:

Postar um comentário

Eaí, gostou do post? Me fala aqui nos comentários! <3

 
Cantinho da Ruiva | Layout por A Design