21 de março de 2017

Não sirvo pra joguinhos

Lendo alguma conversas antigas minhas do whats eu percebo que eu sou uma pessoa MUITO amorzinho, fofa, querida, sempre pronta pra ajudar todo mundo, disponível (não que eu não tenha nada de interessante pra fazer, mas eu chego a cancelar compromissos ou fazer de tudo pra conseguir agradar algum(a) amigo(a) ou alguém com quem eu esteja saindo) e é engraçado pensar que aparentemente o mundo inteiro gosta de fazer joguinhos quando se trata de relacionamento. Menos eu.
Não sirvo pra joguinhos. @pritrelles
Se eu gosto da pessoa, eu falo, eu demonstro, eu espero que ela se sinta bem comigo do mesmo jeito que me sinto bem com ela. Eu troco planos pra deixar a pessoa feliz, etc, etc, etc. 99% das vezes, isso é mal visto. É considerado como uma maneira de acabar "sufocando​" a pessoa. Quer dizer, aquele esquema de sempre: "eu gostos de ti, mas quero continuar podendo sair com outras pessoas". "Eu gosto de ti, me sinto bem, quero compartilhar do meu dia a dia contigo, mas não quero namorar".
Vocês conseguem entender que namorar ou não, é APENAS um status que a sociedade impõe sobre nós?! Assim como casar e tal?! Se vocês não entendem isso, exige um probleminha enorme por aqui!
Esqueçam as apresentações formais pra familiares e amigos. Os nomes existem justamente pra sair da saia justa nessa hora. Porque utilizar de esteriótipos quando se pode trocar o "essa(e) é a(o) minha(meu) namorada (o)", por "essa(e) é a(o) falana(o)". Quer dizer, tu conta as horas pra ver a pessoa, mata aula pra passar um tempo com ela, saí pra jantar dia de semana e volta tarde, manda fotos diariamente pra pessoa mostrando o que tu tá fazendo da tua vida (tipo, "olha o meu almoço", ou "meu cachorro lambendo a pata"...), Dá bom dia, boa tarde e boa noite, manda coração no Facebook, faz a maior questão de deixar a pessoa em casa depois do encontro, faz planos, leva ela pra conhecer teus lugares favoritos na cidade, e tem a cara de pau de dizer que não quer ter nada sério e ir com calma? Ah, pelo amor de Deus! Tenha dó! Eu não tenho paciência pra isso. Mesmo. Já passei dessa fase E. Não sou personagem de vídeo game pra ficar jogando! E tenho dito!
Gostou? Manda de indireta pra uem tá te enrolando, pra quem tá de mimimi, pra quem tá se fazendo e depois vem com o papo de "não é você, sou eu", que já é mais óbvio e velho do que sei lá o quê! Te liberta disso logo e bola pra frente! Bora ser feliz!
Beijo e até a próxima!

0 comentários:

Postar um comentário

Eaí, gostou do post? Me fala aqui nos comentários! <3

 
Cantinho da Ruiva | Layout por A Design