7 de março de 2017

Morar sozinha, a liberdade e a responsabilidade

Sempre que o assunto é morar sozinha (o), a primeira coisa que a gente pensa é que adoraria ter a liberdade de fazer o que quiser, receber amigos, ter nossos próprios horários, comer na hora que quiser, dormir e acordar quando bem entender, não se preocupar com alguém te mandando fazer as coisas porque a gente vai fazer tudo no nosso tempo. Se tu não mora sozinho ainda, eu SEI que tu pensa assim, porque todo mundo pensa igual. Não precisa dizer que tu é o diferentão e não pensa ou nunca disse isso porque a gente sabe. E como a gente sabe? Porque é simplesmente a primeira coisa que TODO adolescente fala e pensa quando começa a sentir a pressão dos pais em não deixar ele fazer as coisas. Eu já pensei, meus amigos já pensaram, meus primos, meus tios, meus pais, até minha vó!! Todo mundo passa por isso.
Mas todo mundo passa também pela responsabilidade que morar sozinho nos trás. Só que essa parte, pega mais embaixo.
Eu tô aprendendo, diria que nem da pior e nem da melhor maneira, mas talvez da maneira que eu escolhi aprender e meus pais permitiram que isso acontecesse. Preciso dar conta do dinheiro pra ter o mês todo, pagar aluguel, celular, comprar comida, fazer comida, lavar as roupas, ter noção de quantidade, de tempo, de tudo... Não é fácil, mas também não é um bixo de sete cabeças. Tem que ter em mente, que se tu não fizer, ninguém fará por ti. Se tu não acordar, ninguém vai vim te obrigar. Se tu ficar doente, quem vai ter que levantar e comprar coisas pra fazer sopa é tu. Se tu não acordou num dia bom e tá de mau humor e não quer sair de casa mas te obriga a sair porque não tem mais nada em casa pra comer e tu DEVOROU a pizza na noite passada até passar mal, problema é o teu. Tu vai aprender a mandar longe mentalmente as pessoas que te olham meio torto na rua porque tu tá com a maquiagem da noite passada, ainda. Tu vai criar tuas próprias manias de limpeza e vão entender que sim, tinha ALGUM sentido a tua mãe, tias e avós limparem a casa todos os dias pra não acumular poeira e o pano não sair PRETO e não te dar alergia e tu passar 24 espirrando. Vão aprender que dia de sol vai passar a ser o dia oficial de limpar a casa e lavar roupas pra elas secarem e não mais o dia de ir pra praça com os amigos curtir a tarde com chimarrão e bolacha (não biscoito).
Vai aprender a rir da tua própria cara quando fizer merda, a procurar e pedir socorro pro tio Google quando não souber cozinhar algo, vai dar valor aos mil potinhos que tua mãe tinha em casa e enlouquecia quando perdia um deles ou a tampa. Tudo isso passa a fazer o maior sentido da vida e tu vai negar ATÉ A MORTE que passou por isso. Tirando eu, que sou retardada e gosto de dividir tudo com vocês HAHAHAHA
Tu gostou desse texto? Te identificou? Já mora sozinho e passa por tudo isso? Tu ainda não mora sozinho mas tá querendo ser rebelde e sair de casa? Me fala aqui nos comentários! Dividam as expectativas e experiências de vocês comigo!  Curte, comenta e compartilha o texto nas redes sociais pra me ajudar na divulgação, tá bom?
Um beijo, fiquem bem e até a próxima!!

0 comentários:

Postar um comentário

Eaí, gostou do post? Me fala aqui nos comentários! <3

 
Cantinho da Ruiva | Layout por A Design