19 de fevereiro de 2017

Prós e contras

Como já falei nos últimos posts aqui do blog, na vinda pra Portugal, eu me permiti/obriguei/aconselhei reivindicar de alguns sentimentos, pensamentos, ideais, histórias que me acompanharam por boa parte da minha vida. Elas incluem pessoas, lugares, momentos, celulares, whatsapp, fotos e uma infinidade de informações que eu resolvi bloquear em mim e deixar lá no Brasil, porque eu sabia (me conhecendo bem), que eu ficaria completamente travada aqui.
Prós e contras. @pritrelles

Eu ter bloqueado tudo isso em mim, não significa que eu tenha esquecido. Não. MUITO pelo contrário. Eu me permiti não pensar mais no assunto, mas o assunto não me permitiu deixar ele ir embora. E é isso o que me deixa extremamente confusa por aqui. Existem sentimentos difíceis de apagar. Muitas vezes eu tô na rua e começa a tocar uma maldita música que me faz lembrar e eu tenho vontade de desabar. Eu não sou uma atriz de filme americano que "óh, vou esquecer fulano. vou no bar pra beber até cair e beijar o primeiro que aparecer!". Já fiz isso? Já. Me arrependi? Nem tanto.. Faria de novo? Never say never. Mas eu tô encarando as consequências e nem sempre de cabeça erguida. As vezes eu me sinto numa eterna ressaca (mesmo sem beber uma gotinha de álcool que seja!!! Entendem o grau de loucura disso?) e é bizarro, porque não existe nada muito exato que se possa fazer.
Como falei pra vocês antes, eu me permiti/obriguei a me livrar de toda a culpa sentimental que eu sentia no Brasil. Amores inacabados, amizades confusas, relacionamento conflituoso com família e por aí vai.. a lista não é pequena e nem  o meu sentimento também. acontece que eu sou uma pessoa bem babaca e idiota (de verdade) e inclusive já me ferrei muito por isso no Brasil e eu simplesmente NÃO consigo ver alguém que eu gosto (amigo ou algum "crush"), se ferrando. E eu sinto a necessidade de alertar e quando (99,9% dos casos) a pessoa não consegui ler enxergar e me dar razão, eu entro em pânico e acabo virando a bruxa chata e escrota. Entendem? Eu acabo sofrendo vendo o futuro sofrido da pessoa e não sei controlar isso. Ainda mais quando eu tô curtindo a pessoa. SIM, um dos contras de eu me livrar de todos os meus rolos do BR, é que o caminho fica livre pra novos rolos aqui e eu me ferro igual, só que internacionalmente. Porque deixo de "competir" com BR pra competir com no mínimo, 9 países diferentes. Legal, né? Será que isso vale de alguma coisa no currículo? Tipo "não sei gerenciar as minhas próprias crises, mas sei trabalhar sob pressão no coração". HAHAHAHA tem que rir pra não chorar, né?
Mas o objetivo central desse post, é lembrar vocês, de que TUDO tem seus prós e contras. E reforçar a ideia de que vocês DEVEM aproveitar o momento. Nos filmes nos ensinam e agir com o coração. Mas não mostram depois que a pessoa vai sofrer horrores por ter agido com a emoção. Coloquem na balança, prós e contras. Pensem nas consequências e vejam o que pode acontecer no futuro se não der certo. Vale a pena arriscar e ser o único a sentir?

Por hoje era isso! Compartilha se tu gostou, comenta aqui o que tu acha disso e curte o post pra me ajudar! 💙

Beijinhos, se cuidem e até a próxima!

0 comentários:

Postar um comentário

Eaí, gostou do post? Me fala aqui nos comentários! <3

 
Cantinho da Ruiva | Layout por A Design