14 de julho de 2016

Relacionamentos: O Tabu!

Relacionamentos! Ahhh, os relacionamentos... Só de ler essa palavrinha alguns de vocês já pensaram em alguma pessoa ou em alguma situação, certo? A gente tem vários tipo de relacionamentos ao longo da nossa vida. Podemos falar dos relacionamentos com os colegas de trabalho, com os pais, com colegas de aula, com a família em geral, com os nossos amigos, etc.. Mas HOJE eu vim aqui falar sobre os relacionamentos (ou pelo menos, um dos) mais temidos e ao mesmo tempo mais desejados pela maioria (se não todos) de nós: Casais.

Relacionamentos: O Tabu!

TCHANAAAAAAAAAAAAM! Poisé! Me digam uma coisa: Porque é que sempre que falamos em CASAIS, nos vem na cabeça homem e mulher (ok, isso é "uma regra" imposta pela sociedade, mas não vou discutir gêneros aqui, beleza? é só uma figura de linguagem. Acalmem os nervinhos da reclamação! hahahaha) e os famosíssimos joguinhos de controle da relação? Não, gente.. Sério. Eu odeio ter que fazer joguinhos. Acho muito infantil e babaquinha. Pra mim, se tu gosta da pessoa, tu tem mais é que falar, mesmo! Quem vai perder é ela se não gostar de ti, correto? Correto!

Sem falar naquela velha história de saber ler os sinais. Oi? Porque a gente complica algo tão lindo e simples? Sinais? Se tu fala "Oi, como tá? Vamos sair hoje?" tu quis dizer "Eaí, beleza? Tô disponível, mas quero saber se tu tem algum plano porque daí se tu tiver eu vou me fingir de ocupada também pra não parecer (...).". Pra que isso?! Se tu tá saindo com uma pessoa, pra conhecer a pessoa, ficar de joguinhos não vai dificultar ainda mais tudo isso? Imagina a pessoa te dizer que não come carne porque tu é vegetariana(o) e daí passam seilá quantos anos e num belo dia no meio de uma briga ou desentendimento ela resolve te jogar na cara que ela ama carne e come escondido pra tu não saber? Percebem o quão ridículo é isso? Se tu quer conhecer uma pessoa e quer que ela te conheça, tu tem que te apresentar de cara limpa, pra ela. Mostrar quem tu é de verdade, como tu te sente, como tu pensa, como tu reage, etc.. A pessoa corre o risco de se apaixonar por alguém que tu não é e, acredite, uma hora a magia toda vai acabar e vocês podem chegar ao ponto de nem se conhecerem, não importa há quanto tempo estejam juntos. Então, dica da tia Pri: não façam joguinhos!

Nessa onda de evitar joguinhos, vocês podem entender várias coisas que são ditas e várias demonstrações de carinho e tal, que tão na cara mas que por essa bobagem de entrelinhas, as vezes a gente não consegue enxergar. Por exemplo: Quem não costuma falar que gosta de ti, mas se preocupa contigo constantemente, pergunta como tá, se chegou bem, como foi o teu dia, etc.. Quem não gosta da pessoa, não tá nem aí pra isso. Acreditem.

Carinho é outra coisa bem básica. Se a pessoa gosta de ti, vai te querer ter sempre por perto. Abraçada, junto, de mãos dadas... Sempre vai achar uma forma de dizer que está te acompanhando, tocando em ti ou se mantendo por perto de ti o tempo todo. É bem fácil perceber isso pelo olhar, pelo toque, pelo jeito que a pessoa reage quando tá contigo. As coisas fluem naturalmente e geralmente a gente nem percebe. Quando vê tu já tá de mãos dadas com a pessoa andando por aí e se restavam dúvidas se ela gosta de ti, acabaram nesse exato momento.

Então por hoje era isso, só porque eu tava com saudadinha de vocês e esse assunto me veio na cabeça há exatamente 40 minutos, em um grupo de whatsapp HAHAHAHAH. Poisé, acontece bastante!

Não esqueçam de clicar em curtir aqui embaixo, de comentar o que tu acha, se tu gostou, das tuas experiências, etc.. Fala aqui pra mim o que tu acha disso tudo! Me digam se querem que eu fale sobre outros tipos de relacionamentos e eu falarei! Me dêem ideias e digam o que vocês querem que eu fale aqui no blog, porque eu to na correria e não tenho tido muitas ideias..

Certo? Eu vou ficando por aqui! Espero que vocês tenham gostado! Se cuidem, fiquem bem e até a próxima! Beijoca! <3

1 comentários:

  1. Concordo com você em relação aos joguinhos que são bem infantis, mas acho que quando as pessoas usam a expressão ler os sinais é saber identificar como a pessoa que você ama está se sentindo, o que ela está pensando mesmo que para ela seja difícil dizer no momento. Em relação à demonstrar eu também concordo. Nós percebemos claramente quando as pessoas estão apaixonadas e se amam, de fato isso é externado. Otimo texto!
    Bjss

    ResponderExcluir

Eaí, gostou do post? Me fala aqui nos comentários! <3

 
Cantinho da Ruiva | Layout por A Design